segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Projeto: Sala de Leitura e Releituras Aluno/ Leitor - Criador de linguagens

O ensino tradicional de Língua Portuguesa é visto como algo monótono, desmotivante e insatisfatório. Assim, faz-se necessário que o professor afaste-se da postura puramente conteúdista e adote a concepção de ensino a partir do texto. É importante levar os alunos a dominarem não somente a leitura e a escrita, mas também a combinarem as palavras que leem e escrevem, possibilitando compreensão mais eficaz das informações e conhecimentos que circulam na sociedade em que vivem. Percebe-se, desse modo, que o ensino de língua materna extrapola as interpretações superficiais e as regras gramaticais, vai além, muito além, partindo-se do discurso, viajamos pelas linguagens e nos deparamos com intertextos e interdiscursos de surpreendentes leituras. Nesta ótica, o ensino de língua, através dessa prática, possibilitará que o educando entenda, analise, discuta e opine sobre os problemas da sociedade contemporânea e desse modo construa a sua autonomia.
Ø Convivendo com os alunos observei a dificuldade que eles têm para: interpretar um problema de matemática, um texto de ciências, um livro de literatura, Inglês etc.; expressar suas idéias, o que sentem e o que pensam através da escrita.
Ø Estes alunos precisavam aprender a expressar o que sentem e o que pensam para conseguirem se realizar com mais facilidade ao longo da vida.
O estudo da língua portuguesa e a leitura são ingredientes básicos e fundamentais nesse processo. QUEM LÊ E INTERPRETA O QUE LEU, RESOLVE QUALQUER PROBLEMA
Poesia à prosa…
Contos porque trazem histórias completas, e permitem a percepção da mesma como um todo, num tempo menor de leitura, principalmente porque a atenção dos alunos é facilmente distraída.
Os romances lê-los em capítulos, sempre parando em uma parte que instigue a curiosidade deles pra saber o resto da história.
Ler poemas é os preferidos na sala. Além disso, servem para que percebam as diferenças entre a linguagem da prosa e a da poesia, observando o ritmo próprio do poema, mostrando-lhes que sua linguagem extrapola os limites da realidade, e mexe com nossos sentidos
Nosso objetivo foi criar um ambiente de leitura e também fazer propaganda do prazer que se encontra nos livros









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá
Alunos(as), Amigos (as),Professores deixam os seus comentários...
Espero que gostem do meu blog.
Patrícia

Postar um comentário